Terra dos Esmaltes

Como fazer as unhas em casa :)

Olá pessoas, tudo bem? Eu estou bem, a correria deu uma melhorada, mas ainda estou nela, afinal trabalho pra caramba, mas sempre tento dar um jeito de postar aqui.

Esse post é um “atendendo a pedidos” bem antigo que recebi de amigas minhas. Elas sempre perguntam como eu faço as unhas em casa e dicas sobre isso. Desta forma, depois de muito tempo sem conseguir fazer, cheguei em casa hoje determinada a fazer este post. Eu ia fazer ele como página fixa do menu, massss como alguém pode ter dúvidas e até sugestões, vou fazer um post, pois assim vocês conseguem comentar *-* Vamos lá?

Bom, antes de mostrar como faço as unhas em casa, segue o que você vai precisar. Lembrando que: eu uso estes produtos, mas você pode usar de outras marcas (claroooo!) que está acostumada (o).

Materiais que você vai precisar :)

Materiais que você vai precisar 🙂

Bom, vamos dar nomes aos bois? HAUHAUHA Colocarei na ordem que utilizo e depois dou mais detalhes! 🙂

1) O Love Girls é uma opção para remover o esmalte que está na suas unhas antes de fazer, ou seja, aquele esmalte velho. Essa é aquela “esponja mágica” que eu falei a um tempo atrás aqui no blog. Você coloca o dedo, gira algumas vezes e o esmalte sai praticamente todo das unhas, eu uso muiiiito. Só não uso pra retirar glitter, porque isso detona a esponja  removedora. Quem não tem ou não gosta, pode optar pelo tradicional Removedor de Esmaltes com o palitinho de laranjeira e algodão, de preferência sem acetona em sua composição, como este da Risqué. Eu gosto muito dele, é cheiroso e super eficaz na remoção do esmalte, não resseca as unhas e nem a pele.

Pós retirada do esmalte velho.

Pós retirada do esmalte velho.

Como vocês podem ver, é sutil, mas a superfície da unha está meio avermelhada. Isso acontece porque alguns pigmentos ficam fixados nas unhas, para retirar isso irei polir as unhas, mas antes, lixar!

2) Lixas de unha: claro, todo mundo já viu uma lixa na vida HAHA, as opções que eu uso são a de vidro e a tradicional. A lixa de vidro é ótima, pois não descama a unha, não deixando aqueles fiapos chatos depois que você termina. Paguei 5 reais na minha, super boa, eu recomendo. Eu sempre lixo a minha unha quadrada desde que me conheço por gente, mas ai vai de cada uma, né? 🙂

LIxando...

LIxando…

3) Lixa para polir unhas: essa é aquela lixa quadradinha e branca encardida lá em cima. É extremamente importante polir as unhas de vez em quando, além de arrumar as ondulações que aparecem naturalmente, também ajuda a fixar o esmalte nas unhas, durando assim mais tempo. Para polir é só esfregar esta lixa na superfície da unha, mas não muitas vezes. Lembrando que não se deve fazer isso sempre, pois o excesso pode estragar as unhas. Eu costumo fazer a cada 3 esmaltações ou quando percebo que a unhas está muito ondulada.

Polindo...

Polindo…

Após polir a unha fica assim:

Pós polimento.

Pós polimento.

Dá pra ver a diferença mesmo que seja sutil. A unha fica com um aspecto aveludado e as ondulações sumiram, além disso, boa parte do pigmento vermelho que estava colado nela saiu. Por isso sempre bom polir as unhas. 😉 Dica da tia Terra HAHA.

4) Hidratando as cutículas: Isso é um dos pontos cruciais quando eu faço minhas unhas. É extremamente importante hidratar bem as cutículas e unhas. Não adianta nada você fazer os passos anteriores e não fazer esse, se a cutícula resseca irá comprometer a saúde das unhas também, então hidratem SEMPRE, não só quando for fazer as unhas, tá? 🙂
Eu costumo usar o Nivea Soft da embalagem branca como hidratante, mas o meu acabou pobre e depois dele utilizo um dos removedores de cutícula acima: Avon ou Molinho. São baratos e ótimos. Aplico uma pequena quantidade sobre as cutículas e unhas e esfrego beeem para absorver.

Hidratando...

Hidratando…

5) Removendo peles mortas: Muita gente fica em choque quando eu falo que não tiro cutícula. As pessoas não acreditam em mim, mas gente, na boa, é verdade. EU JURO. Faz mais de 5 anos que não tiro nenhuma cutícula das minhas unhas. Quanto mais você tira, mais ela cresce. É a mais pura verdade. Eu não sei pra quê tirar cutícula, sendo que ela só serve pra proteger né? SÓ PRA ISSO. Gente, sério. Não façam isso e com o tempo vocês vão ver que ela não cresce mais.
O que eu faço para controlar o crescimento? Simples. Após hidratar, ainda com o creme nas unhas eu empurro as minhas cutículas, mas empurro bem meeesssmo. Assim eu elimino a pele morta que pode se acumular com o tempo, deixando tudo limpo!

Empurrando...

Empurrando…

Aí, neste caso, lavo as mãos para retirar o resto do creme que sobrou. Se alguma pele levantar, leiam bem LEVANTAR, sendo assim PELE MORTA, MUERTA, DEAD aí eu arranco com a alicate, tomando um cuidado ENORME para não levar a cutícula junto!

Retirando SOMENTE peles mortas...

Retirando SOMENTE peles mortas…

Após isso, vem a segunda parte de como faço as unhas 😀

Para a segunda parte utilizo os materiais abaixo 😀

Materiais da segunda parte!

Materiais da segunda parte!

Essa é a parte mais legal: a esmaltação propriamente dita *—*

1) Base: Sempre uso base, SEMPRE. Ela protege sua unha e dá um melhor acabamento ao esmalte, assim como o extra brilho (o roxinho da Impala, meu amoooor *-*). Uma camadinha basta para a esmaltação. Esta da Babado Novo tem sido ótima pra mim, gosto muito dela. Deixa a unha bem uniforme e além disso seca bem rápido. Vocês vão reparar que em volta da unha tem base, eu deixo pois ajuda a tirar o esmalte que fica nos cantos depois 😀

 

Uma camada de base Babado Novo :)

Uma camada de base Babado Novo 🙂

2) Esmalte da sua escolha + Extra brilho: Para esta esmaltação escolhi o Partiu Balada da Vult. Quem nunca usou esmalte da Vult, olha, tá perdendo. A marca é ótima, o pincel é mara, acabamento perfeito…esse no caso ficou ótimo com uma mão só, mas eu sempre passo duas, é costume e vai de cada uma. Neste caso, sempre tire o excesso antes de esmaltar. A primeira camada pode ficar uma bosta, mas você acerta na segunda, só que se vc exagerar na primeira, pode até ficar de boas, mas vai demorar mais pra secar e tem grandes chances da unhas borrar por conta disso. Menos é mais!

O extra brilho é opcional…mentira, não é. Eu sempre uso, da um acabamento muito melhor no esmalte. Raramente eu não usei quando esmalto, no geral, aconselho vocês a usarem.

Partiu Balada da Vult já com o extra brilho!

Partiu Balada da Vult já com o extra brilho!

Bom pessoal, acho que é isso. Não sei se esqueci de algum detalhe, mas se tiverem dúvidas ou sugestões (críticas também, tá?!) deixem aí nos comentários, tá? 🙂
Espero que tenham gostado!!! *-*

Beiiiijjjoooosss, Terra 🙂

 

Facebook Comments